Homens, homens, homens II

A pancadaria derrubou o apito final. Roubou dez minutos da partida. Mais chegados ao furor do que à ternura, os jogadores espalharam hematomas na polida tarde que afagava o Erondi Silvério, campo do Vasco da Gama Futebol Clube. Cobriram o sábado de socos e pontapés. E a torcida completou com uma barsa de palavrões. Pra…